‘Lucas dependência’? São Paulo cai de rendimento sem o meia em campo

Sem o meia, convocado para a Seleção Brasileira, Tricolor sofreu as quatro derrotas da temporada

Há quem diz que o São Paulo sentiu muita a ausência de Lucas na derrota para o Paulista nesta última quarta-feira. Mas se o torcedor se apegar aos números, o ‘achismo’ passa a ser certeza. A diferença de rendimento do time com e sem o camisa 7 é visível. Com ele em campo, são seis vitórias e um empate. Sem o meia, o aproveitamento cai: cinco vitórias e quatro derrotas.

O jovem segue invicto nos sete jogos pelo clube este ano. Desde que chegou da Seleção Sub-20, onde foi campeão sul-americano no Peru, o jogador deu um “up” na campanha da equipe no Paulistão. Quando ele fez a primeira partida pelo clube na temporada, o Sampa ocupava a quarta colocação na competição. Agora, antes de embarcar rumo a Londres para o amistoso da Seleção principal contra a Escócia, no próximo domingo, a revelação deixou a equipe na liderança, perdida justamente sem ele em Jundiaí.

A média de gols marcados pelo Tricolor também sobe com Lucas em campo. Sem ele, os são-paulinos tinham a média de dois gols marcados por jogo. Com ele, a média aumenta para 2,2.

Outro fator que chama a atenção é o número de gols que a equipe levou com o jovem em campo. Apesar de o jogador fazer parte do setor ofensivo, a equipe levou apenas um tento em sete oportunidades. Sem o jogador, foram nove gols em nove jogos.

No clássico contra o Corinthians, no próximo domingo, mais uma vez o técnico Paulo César Carpegiani não poderá contar com o jogador.