São Paulo e Inter duelam para se recuperar

Equipes tiveram resultados negativos na rodada passada do Campeonato Brasileiro

LANCEPRESS!

São Paulo e Internacional se enfrentam nesta quinta-feira, às 21h no Morumbi, em partida que vale a recuperação das duas equipes. Ambos não venceram no fim de semana e viram o pelotão de frente abrir vantagem.

Com 28 pontos, o Tricolor inicia a rodada na 9ª colocação e ainda sonha com a Libertadores (a distância é de nove pontos para o quarto colocado Cruzeiro). Atual campeão da América, o Inter já tem vaga garantida no torneio internacional em 2011, mas quer o título. O líder Fluminense está nove pontos a frente.

Para reencontrar a vitória, o São Paulo contará com Miranda. O zagueiro estava suspenso e desfalcou o time contra o Botafogo.

– É o momento que precisamos embalar, conseguimos três vitórias, subimos na tabela, mas com a derrota voltamos a um estágio não muito adequado. A equipe precisa colocar sequência e, para isso, é necessário ganhar do Inter – afirmou o camisa 5.

Baresi deve voltar a mexer no time. Durante a semana, ele levantou a possibilidade de Cleber Santana e Carlinhos ganharem chance. Caso isso se confirme, a tendência é de que Jorge Wagner e Casemiro saiam do time.

No Inter, o técnico Celso Roth elegeu essa partida contra o São Paulo como a da retomada. “Vamos reforçar o foco no Brasileiro”, prometeu ele, incomodado com frouxidão da equipe na derrota para o Cruzeiro, em Uberlândia, e no empate sem gols com o Goiás, domingo, no Beira-Rio.

Se a promessa se cumprir – ela depende do empenho dos jogadores –, se verá o Inter marcando o adversário por pressão em pleno Morumbi. Aliás, como se viu na semifinal da Libertadores. Na ocasião, mesmo perdendo por 2 a 1, o Colorado se classificou à final devido a uma postura tática extremamente ousada – a mesma que o levaria ao título da competição.

– Há quanto tempo vocês não viam o time marcando a saída de bola? – perguntou o animado Roth aos repórteres que cobriram o treino de terça-feira.

Naquele dia, ele definiu quem seria o substituto de Guiñazú, suspenso pelo terceiro cartão amarelo: Glaydson. E decidiu que o meia Giuliano receberá nova chance na função que foi de Taison (vendido ao Metalist, da Ucrânia) e depois de Rafael Sobis (em tratamento para lesão muscular). Ou seja: que o esquema será o 4-2-3-1.


FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO X INTERNACIONAL

Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 16/9/2010 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises (Fifa-RJ) e Marco Antonio Martins (SC)

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Jean, Xandão, Miranda e Richarlyson; Casemiro (Carlinhos), Rodrigo Souto, Cleber Santana (Jorge Wagner) e Lucas; Dagoberto e Fernandão. Técnico: Sérgio Baresi.

INTERNACIONAL: Renan, Nei, Bolívar, Indio e Kleber; Glaydson, Wilson Mathias, Tinga e D’Alessandro; Leandro Damião e Giuliano. Técnico: Celso Roth.