Para são-paulinos, vitórias nesta semana farão o time embalar de vez

Hernanes lembra que time precisa aproveitar o bom momento para encostar no G-4 do Campeonato Brasileiro

Ampliar Foto Agência/VIPCOMM Agência/VIPCOMM

Jean acredita que o São Paulo vai brigar pelas primeiras colocações

A sofrida vitória sobre o Barueri, no último domingo, encheu o elenco do São Paulo de confiança. Tanto que os jogadores já fazem projeções e pensam em chegar no G-4. O volante Hernanes, um dos que conversaram com os jornalistas na tarde desta segunda-feira, deixou claro que, com duas vitórias nessa semana, a equipe definitivamente vai mostrar que chegou para incomodar os rivais.

– Quando você consegue vencer três partidas seguidas, dá um salto muito grande na tabela de classificação. Conseguimos o primeiro passo, que era vencer fora de casa, coisa que não acontecia faz tempo. Isso encheu o time de ânimo. Agora, vamos com tudo para cima do Grêmio e depois pensaremos no jogo de domingo – afirmou o camisa 15, referindo-se ao duelo contra o Vitória, em Salvador.

Para Hernanes, a confiança é o grande segredo da evolução tricolor.

– Quando acontecem mudanças, é natural um período de instabilidade. Com muito trabalho, as coisas começaram a se encaixar. O Ricardo também foi muito inteligente e soube trabalhar com tranqüilidade. Quando o time cresceu, os jogadores foram junto. E temos de aproveitar que a confiança voltou. Nosso lugar na tabela não é onde estamos – ressaltou.

O volante Jean seguiu pela mesma linha de raciocínio.

– Quando as vitórias aparecem, as dúvidas diminuem. Esse tabu de não vencer fora de casa estava claramente nos incomodando. Agora que vencemos, ninguém mais segura o São Paulo – concluiu.

Miranda admite interesse do Milan (ITA)

Zagueiro vai conversar com o presidente Juvenal Juvêncio e não descarta a possibilidade de sair

Miranda tem contrato com o São Paulo até 2011 (Crédito: Tom Dib)

Miranda tem contrato com o São Paulo até 2011 (Crédito: Tom Dib)

LANCEPRESS!

O zagueiro Miranda nem bem voltou da Copa das Confederações, da qual foi campeão pelo Brasil, no último domingo, e já pode estar de saída do São Paulo. Nesta segunda-feira, alguns jogadores da Seleção desembarcaram no aeroporto internacional de Guarulhos e Miranda foi um deles. O jogador revelou que existe uma proposta do Milan (ITA) para tirá-lo da equipe paulista.

– O interesse do Milan surgiu. Vou chegar e conversar com o presidente Juvenal Juvêncio para ver se sai alguma coisa – afirmou o camisa 5 do Tricolor.

– O São Paulo é uma grande equipe e só vou sair se for uma coisa muita boa, tanto para mim quanto para o clube – garantiu.

A intenção do Milan é contratar Miranda para ser substituto do ídolo Maldini, que se aposentou nesta temporada. O zagueiro tem contrato com o São Paulo até junho de 2011 e multa fixada em US$ 20 milhões (cerca R$ 38 milhões), mas a diretoria já admitiu negociar por um valor mais baixo.

Caso Miranda seja vendido, o Sampa ficará com 80% do valor da negociação. Os outros 20% são do jogador e do Sochaux (FRA), time pelo qual atuou antes de ser contratado, em 2006.

O camisa 5 esteve nos últimos três títulos nacionais conquistados pelo Tricolor. Apesar da possibilidade de saída, Miranda ainda espera brilhar com a camisa do Sampa.

– Vou fazer o São Paulo ser forte como sempre foi – disse.

O jogador deve se reapresentar nesta terça-feira ao técnico Ricardo Gomes. Assim, trabalha durante a semana e deve estar à disposição para a partida contra o Coritiba, no próximo domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

Washington garante que fica no Tricolor

Atacante confirma explicação de Milton Cruz e diz que parou para descansar

Ampliar Foto Agência/Vip.com Agência/Vip.com

Washington tem seis partidas no Brasileirão

Washington ficou fora do jogo entre São Paulo e Corinthians , no último domingo, no Pacaembu, pelo Brasileiro . Milton Cruz, técnico interino, explicou que a decisão havia sido tomada por Muricy Ramalho, demitido na sexta, e mantida por ele. O motivo era o desgaste físico do atleta. O presidente Juvenal Juvêncio acrescentou que o atacante foi preservado, já que é alvo de protestos da torcida desde a eliminação do clube na Libertadores .

Washington ainda pode se transferir para outro clube da Série A se desejar. Ele atuou em seis partidas no Brasileirão este ano. Se jogar a sétima, só pode sair para o futebol internacional. Mas o atacante garantiu que não pretende deixar o São Paulo.

– Não existe proposta, o pensamento é cumprir o contrato com o São Paulo, que vai até o fim do ano. Também não há crise dentro do clube. A verdade é que fui afastado para recuperação física e estarei de volta aos treinos normalmente nesta terça-feira – resumiu o camisa 9, por meio de sua assessoria de imprensa.

Denis assume o gol tricolor em clássico

Lesão é detectada no joelho de Bosco, que não enfrenta o Palmeiras e o Cruzeiro, pela Libertadores

De terceiro goleiro a titular. Denis assume o gol do São Paulo (Crédito: Tom Dib)

De terceiro goleiro a titular. Denis assume o gol do São Paulo

LANCEPRESS!

Bosco foi submetido a uma ressonância magnética nesta segunda-feira para detectar a gravidade do problema do goleiro no joelho esquerdo. Foi apontada uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo. Ele está fora ao menos de dois jogos, contra o Palmeiras, no próximo domingo, pelo Paulistão, e na próxima quarta-feira, pela Libertadores, contra o Cruzeiro. Ele se machucou em dividida com um jogador do Atlético-PR, no último domingo.

Sem Bosco, Denis assume a titularidade da equipe. O jovem de 22 anos fez apenas um jogo no ano, contra a Portuguesa, quando atuou 18 minutos. Ele foi contratado no início do Paulistão e já fez sua estreia na mesma semana. Agora assume a meta do Sampa em um momento decisivo do clube.

– O exame não apontou nenhuma lesão cirúrgica – afirmou o médico José Sanchez ao site oficial do clube. O fato é comemorado pela comissão técnica, já que, a princípio, o camisa 22 não vai precisar ser operado. Ele fica em tratamento no Reffis (centro de recuperação) até o início da próxima semana, quando será novamente reavaliado pelo departamento médico do clube. No dia 27, pela Libertadores, o Tricolor enfrenta o Cruzeiro nas quartas-de-final. Como não vai trabalhar no campo nos próximos dias, mesmo se for liberado pelo departamento médico antes do confronto, Bosco não deve ir a campo pelas condições físicas.

Denis tem o aval da comissão técnica e dos dirigentes do São Paulo, que sempre o elogiam. Bosco lamentou o fato da lesão, mas também demonstrou otimismo quanto ao resultado, já que existia a possibilidade de ser algo mais grave.

– Estou aliviado com o diagnóstico. Vou me dedicar bastante aos trabalhos clínicos e físicos para conseguir voltar a atuar o quanto antes. Estou confiante na recuperação – disse ao site oficial do Sampa.

Denis pode ter nova oportunidade no Sampa

Com Rogério fora e possível lesão de Bosco, garoto pode assumir a meta do São Paulo

Denis tem nova oportunidade no gol do São Paulo (Foto: Tom Dib)

Denis tem nova oportunidade no gol do São Paulo (Foto: Tom Dib)

LANCEPRESS!

Durante a partida contra Atlético-PR, no último domingo, o goleiro Bosco, atualmente titular do gol do São Paulo, sofreu uma lesão no joelho esquerdo. Ele passa por exames nesta segunda-feira e, dependendo da gravidade da lesão, pode ficar um bom tempo afastado dos gramados. Com Rogério Ceni fora de cena (fratura no tornozelo esquerdo), o jovem Denis pode pintar como novo guardião da meta tricolor.

Em 22 de janeiro deste ano, o São Paulo apresentou o goleiro, que veio da Ponte Preta. Desconhecido, o garoto de 22 anos chegou para ser o terceiro goleiro do Tricolor paulista. Entretanto, nem ele próprio acreditava que as oportunidades iriam aparecer tão rapidamente.

Com quatro dias no clube, Denis já fazia sua estreia com a camisa tricolor. No jogo contra a Portuguesa, pela segunda rodada do Campeonato Paulista, Rogério Ceni sofreu uma contratura muscular aos 27 minutos do segunda tempo, e como Bosco estava lesionado, Denis substituiu o capitão são-paulino.

Em 18 minutos em campo, ele fez três boas defesas e não sofreu gols. Na ocasião, o São Paulo venceu por 2 a 0.

Com apenas três dias no São Paulo, Denis já estreou pela equipe profissional. A marca, inclusive, supera Rogério Ceni, grande ídolo da História do clube do Morumbi.

Rogério chegou ao São Paulo em 1990. Após amargar três anos na reserva de Zetti, ele, enfim, fez seu primeiro jogo com a nova camisa.

– Foi muito rápido. Treinei três dias e já tive uma prova de fogo. Tenho certeza de que mesmo sendo assim foi bom entrar em campo. O futebol é imprevisível, se eu tive a oportunidade é porque estava preparado – afirmou o goleiro, inscrito com a camisa 24 na Libertadores, e com a 12, no Brasileirão.

* Atualizada às 16h01



  • PROMOÇÃO

  • Produtos do SP

  • CLIQUE NOS CANAIS E VEJA TV AO VIVO






  • USUÁRIOS ONLINE

    • 1.403.260 acessos
  • Blogs & Sites parceiros