Hugo quebra a rotina e dispara contra o Grêmio

Meia são-paulino esquece de declarações amenas e diz que rival gaúcho tropeçou muito quando era líder do campeonato

O lugar-comum do futebol prega que em semana de jogos decisivos, jogadores e comissão técnica sempre elogiem o clube adversário e façam declarações amenas para evitar dar motivação aos rivais.

foto São-paulinos enfrentam grande fila de ingressos

Mas o meia são-paulino Hugo resolveu fugir à regra e abriu fogo contra o Grêmio, único concorrente capaz de tirar o hexacampeonato do clube do Morumbi. Ao comentar a dificuldade de enfrentar o Goiás, o jogador lembrou que os gaúchos ainda não jogaram contra o Atlético-MG e têm tropeçado nos momentos decisivos.

– A dificuldade para os dois (Sampa e Grêmio) vai ser igual. Muita gente tem falado que o São Paulo tem o jogo mais complicado da rodada final, mas parece que o Grêmio já ganhou do Atlético, eles têm vacilado bastante na competição – disparou.

Hugo, que jogou pelo Tricolor Gaúcho em 2006, também não titubeou ao falar que o São Paulo merece o título pela arrancada no segundo turno, onde ostenta invencibilidade de 17 partidas (11 vitórias e 6 empates).

– Merecemos ser campeões por termos tirado essa vantagem de 11 pontos, que o Grêmio não soube segurar. Desde que assumimos a liderança, só perdemos pontos na partida contra o Fluminense e só dependemos de nós para conquistarmos o título – emendou.

Já o atacante Borges preferiu contemporizar as declarações do companheiro de equipe e, assim, não dar uma motivação adicional ao Grêmio na última partida da competição.

– Pra mim, o Grêmio é uma grande equipe, está muito bem no campeonato e temos que ter humildade porque eles se recuperaram depois um mau momento. Não podemos vacilar, porque tudo o que falarmos pode se voltar contra nós – alertou.

São Paulo amplia a vantagem na liderança

Vitória do Grêmio dá mais um ponto de ‘gordura’ contra rivais diretos

A rodada estava sendo perfeita para o São Paulo até o meio-de-campo Tcheco levantar a bola na área do Palmeiras, aos 27 minutos do segundo tempo no Palestra Itália, e garantir a vitória do Grêmio contra o Palmeiras. O empate deixaria o Sampa três pontos na frente do vice-líder, que seria o Verdão, mas o triunfo gaúcho fez a diferença chegar só a dois, um a mais do que na semana passada.

O time de Muricy Ramalho terminou a 34ª rodada do Brasileirão com 65 pontos, dois a mais que o Grêmio (63) e quatro a mais que Cruzeiro e Palmeiras, ambos com 61, terceiro e quarto colocados, respectivamente, depois das partidas.

O Sampa vai brigar diretamente com o Grêmio na luta pelo título nacional. Na teoria, a equipe liderada por Rogério Ceni terá pela frente jogos mais difíceis que o rival gaúcho, principalmente fora de casa. O Sampa sai da capital para enfrentar o Vasco, que luta para não cair, e o Goiás, no último jogo, no Serra Dourada. Em casa, recebe o Figueirense domingo e o Fluminense, algoz da Copa Libertadores.

Já o Grêmio terá uma vida mais fácil pela frente. Fora de casa, enfrentará o Vitória, que já não tem mais o ímpeto do primeiro turno, e o Ipatinga, no penúltimo jogo, que pode entrar em campo já rebaixado. No Olímpico, recebe o Coritiba e o Atlético-MG.


—————

swns

Cinco times na briga pelo título. Confira!

São Paulo, segundo colocado, é o time com mais chances de ser campeão brasileiro

O equilíbrio deste Campeonato Brasileiro é comprovado a cada rodada. Após as partidas desta quarta-feira, que iniciaram a 32ª rodada, cinco equipes seguem na briga pelo título: Grêmio, São Paulo, Cruzeiro, Palmeiras e Flamengo.

Com a vitória por 2 a 1 em cima do Botafogo, no Engenhão, o São Paulo alcançou a segunda posição. Porém, mesmo atrás do líder Grêmio, é o time com mais chance de ser campeão. Segundo o matemático Tristão Garcia, os paulistas têm 29% de levar o caneco.

Com a derrota por 3 a 0 para o Cruzeiro, no Mineirão, o Grêmio tem 25% de chance de conquistar seu terceiro título brasileiro. Os mineiros, que ocupam a terceira posição, têm 20% de levar a taça para Belo Horizonte.

Com a vitória apertada por 1 a 0 em cima do Goiás, o Palmeiras é o quarto colocado e tem 17% de chance de ser campeão. Logo atrás vem o Flamengo, que não saiu do 0 a 0 com o Vitória, no Barradão, mas ainda sonha com o hexacampeonato e se agarra aos 9% para comemorar mais um título.

Confira os próximos seis jogos dos cinco candidatos ao título:

GRÊMIO

02/11/2008 Grêmio x Figueirense
09/11/2008 Palmeiras x Grêmio
16/11/2008 Grêmio x Coritiba
23/11/2008 Vitória x Grêmio
30//11/2008 Ipatinga x Grêmio
07/12/2008 Grêmio x Atlético-MG

SÃO PAULO

02/11/2008 São Paulo x Internacional
08/11/2008 Portuguesa x São Paulo
16/11/2008 São Paulo x Figueirense
23/11/2008 Vasco x São Paulo
30/11/2008 São Paulo x Fluminense
07/12/2008 Goiás x São Paulo

CRUZEIRO

02/11/2008 Goiás x Cruzeiro
09/11/2008 Cruzeiro x Fluminense
16/11/2008 Náutico x Cruzeiro
23/11/2008 Cruzeiro x Flamengo
30/11/2008 Internacional x Cruzeiro
07/12/2008 Cruzeiro x Portuguesa

PALMEIRAS

02/11/2008 Santos x Palmeiras
09/11/2008 Palmeiras x Grêmio
16/11/2008 Flamengo x Palmeiras
23/11/2008 Palmeiras x Ipatinga
30/11/2008 Vitória x Palmeiras
07/12/2008 Palmeiras x Botafogo

FLAMENGO

01/11/2008 Flamengo x Portuguesa
09/11/2008 Botafogo x Flamengo
16/11/2008 Flamengo x Palmeiras
23/11/2008 Cruzeiro x Flamengo
30/11/2008 Flamengo x Goiás
07/12/2008 Atlético-PR x Flamengo

Defesa estável é o diferencial no Brasileirão

A receita para o sucesso neste Campeonato Brasileiro é simples: sofrer poucos gols. As quatro equipes que estão no G4 – grupo dos quatro times que garantem vaga na Copa Libertadores – são as que menos tiveram suas metas vazadas na competição.

Grêmio 25 gols sofridos
São Paulo 30 gols sofridos
Cruzeiro 32 gols sofridos
Flamengo 33 gols sofridos

Restando apenas sete jogos para o fim do Brasileirão, o campeão ainda está longe de ser definido, mas o panorama no topo da tabela não deverá sofrer grandes mudanças. Em contrapartida, na zona da degola se encontram equipes (confira o quadro abaixo) que não conseguiram estabelecer um padrão defensivo e, por esse motivo, sofrem com a calculadora nas mãos.

Portuguesa 56 gols sofridos
Atlético-PR 44 gols sofridos
Vasco 62 gols sofridos
Ipatinga 54 gols sofridos

Os números estão comprovando que sofrer poucos gols têm sido a tônica para se fazer uma boa campanha em um campeonato tão disputado.

Rogério Ceni confessa que o Grêmio é favorito

Goleiro são-paulino avisa que apenas o líder ainda poderá perder uma partida

Mesmo com a boa fase da equipe do São Paulo, quando atualmente ocupa a segunda posição da tabela do Campeonato Brasileiro, com 56 pontos, três atrás do Grêmio, o goleiro Rogério Ceni acredita no favoritismo do atual líder da competição.

– O Grêmio continua sendo o grande favorito porque ainda pode perder uma partida, já que tem três pontos a mais, coisa que para os outros times não pode acontecer – afirmou Ceni.

Apesar de apontar o favoritismo ao Grêmio, o goleiro são-paulino afirma que o elenco do Tricolor se acertou e agora está mais equilibrado.

– Ninguém fica 11 jogos sem perder ocasionalmente. Nosso time se equilibrou e se acertou, não temos jogado um futebol bonito e vistoso, mas sim competitivo – concluiu.

if (!(dominioparceiro)){OAS_AD(‘x10’);}


  • PROMOÇÃO

  • Produtos do SP

  • CLIQUE NOS CANAIS E VEJA TV AO VIVO






  • USUÁRIOS ONLINE

    • 1.403.260 acessos
  • Blogs & Sites parceiros