Cinco times na briga pelo título. Confira!

São Paulo, segundo colocado, é o time com mais chances de ser campeão brasileiro

O equilíbrio deste Campeonato Brasileiro é comprovado a cada rodada. Após as partidas desta quarta-feira, que iniciaram a 32ª rodada, cinco equipes seguem na briga pelo título: Grêmio, São Paulo, Cruzeiro, Palmeiras e Flamengo.

Com a vitória por 2 a 1 em cima do Botafogo, no Engenhão, o São Paulo alcançou a segunda posição. Porém, mesmo atrás do líder Grêmio, é o time com mais chance de ser campeão. Segundo o matemático Tristão Garcia, os paulistas têm 29% de levar o caneco.

Com a derrota por 3 a 0 para o Cruzeiro, no Mineirão, o Grêmio tem 25% de chance de conquistar seu terceiro título brasileiro. Os mineiros, que ocupam a terceira posição, têm 20% de levar a taça para Belo Horizonte.

Com a vitória apertada por 1 a 0 em cima do Goiás, o Palmeiras é o quarto colocado e tem 17% de chance de ser campeão. Logo atrás vem o Flamengo, que não saiu do 0 a 0 com o Vitória, no Barradão, mas ainda sonha com o hexacampeonato e se agarra aos 9% para comemorar mais um título.

Confira os próximos seis jogos dos cinco candidatos ao título:

GRÊMIO

02/11/2008 Grêmio x Figueirense
09/11/2008 Palmeiras x Grêmio
16/11/2008 Grêmio x Coritiba
23/11/2008 Vitória x Grêmio
30//11/2008 Ipatinga x Grêmio
07/12/2008 Grêmio x Atlético-MG

SÃO PAULO

02/11/2008 São Paulo x Internacional
08/11/2008 Portuguesa x São Paulo
16/11/2008 São Paulo x Figueirense
23/11/2008 Vasco x São Paulo
30/11/2008 São Paulo x Fluminense
07/12/2008 Goiás x São Paulo

CRUZEIRO

02/11/2008 Goiás x Cruzeiro
09/11/2008 Cruzeiro x Fluminense
16/11/2008 Náutico x Cruzeiro
23/11/2008 Cruzeiro x Flamengo
30/11/2008 Internacional x Cruzeiro
07/12/2008 Cruzeiro x Portuguesa

PALMEIRAS

02/11/2008 Santos x Palmeiras
09/11/2008 Palmeiras x Grêmio
16/11/2008 Flamengo x Palmeiras
23/11/2008 Palmeiras x Ipatinga
30/11/2008 Vitória x Palmeiras
07/12/2008 Palmeiras x Botafogo

FLAMENGO

01/11/2008 Flamengo x Portuguesa
09/11/2008 Botafogo x Flamengo
16/11/2008 Flamengo x Palmeiras
23/11/2008 Cruzeiro x Flamengo
30/11/2008 Flamengo x Goiás
07/12/2008 Atlético-PR x Flamengo

Caio Júnior preocupado com o São Paulo

Técnico do Flamengo destaca a tabela do Tricolor Paulista

Após o empate com o Vitória pelo placar de 0 a 0, o técnico do Flamengo, Caio Júnior, analisou os últimos seis jogos dos clubes que brigam pelo título brasileiro. Na opinião dele, o São Paulo é o time a ser batido. A tabela, segundo Caio, é a maior aliada do Tricolor Paulista.

– A equipe que tem a maior vantagem teoricamente é o São paulo que não tem confronto direto. Pode ser um problema. Mas esta reta final vai ser eletrizante – avalia Caio Júnior.

O Flamengo terá três jogos em casa nas próximas três partidas, sendo o clássico com o Botafogo, no Maracanã. Mas antes, lembra ele, a Portuguesa é o adversário a ser batido.

– Primeiro temos de pensar na Portuguesa. Teremos somente sexta-feira para trabalhar sobre o adversário. Não adianta pensar no Botafogo sem passar pela Portuguesa. Em casa já tivemos alguns tropeços e temos que evitar que se repitam – alerta.

if (!(dominioparceiro)){OAS_AD(‘x10’);}

Defesa estável é o diferencial no Brasileirão

A receita para o sucesso neste Campeonato Brasileiro é simples: sofrer poucos gols. As quatro equipes que estão no G4 – grupo dos quatro times que garantem vaga na Copa Libertadores – são as que menos tiveram suas metas vazadas na competição.

Grêmio 25 gols sofridos
São Paulo 30 gols sofridos
Cruzeiro 32 gols sofridos
Flamengo 33 gols sofridos

Restando apenas sete jogos para o fim do Brasileirão, o campeão ainda está longe de ser definido, mas o panorama no topo da tabela não deverá sofrer grandes mudanças. Em contrapartida, na zona da degola se encontram equipes (confira o quadro abaixo) que não conseguiram estabelecer um padrão defensivo e, por esse motivo, sofrem com a calculadora nas mãos.

Portuguesa 56 gols sofridos
Atlético-PR 44 gols sofridos
Vasco 62 gols sofridos
Ipatinga 54 gols sofridos

Os números estão comprovando que sofrer poucos gols têm sido a tônica para se fazer uma boa campanha em um campeonato tão disputado.

Especialistas avaliam candidatos ao título

Setores dos candidatos ao título são avaliados minuciosamente

O Campeonato Brasileiro de 2008 está chegando ao fim. Restam apenas sete rodadas para encerrar a competição e, até agora, Grêmio, São Paulo, Cruzeiro, Flamengo e Palmeiras disputam cabeça a cabeça não só o título nacional como quatro vagas para a Copa Libertadores da América de 2009.

Como a disputa está mais do que acirrada, o LANCENET! consultou sete especialistas, entre editores e colunistas. Eles avaliaram setores como defesa, meio de campo, ataque e treinador das cinco equipes e concluíram que a defesa do Grêmio, o ataque do Palmeiras e o treinador Vanderlei Luxemburgo são pontos altos que poderão fazer a diferença nesta reta final.

Vamos as notas e aos comentários dos especialistas:

Grêmio:

Todos os especialistas afirmaram que a defesa do time gaúcho é o principal ponto forte da equipe treinada por Celso Roth, técnico que obteve a pior média entre os treinadores. Além da defesa, o conjunto gremista, sem estrelas, foi exaltado pelo editor Erich Onida.

– O ponto forte é o trio que compõe a defesa. Além disso, o Grêmio é um time de pegada forte e que se destaca pelo conjunto – disse.

André Kfouri Benjamin Back Eduardo Tironi Erich Onida Haroldo Habib Mateus Benato Roberto Assaf Média
Defesa 8.0 8.0 9.0 8.0 7.0 8.0 8.0 8.0
Meio 6.0 5.0 8.0 6.0 7.0 6.0 6.0 6.28
Ataque 6.5 5.0 7.0 6.0 6.0 7.0 6.0 6.14
Técnico 8.0 6.0 6.0 6.0 6.0 6.0 6.0 6.28

São Paulo:

O São Paulo é tido como o time mais experiente quando se trata de conquistar títulos. Dono de uma forte defesa – a segunda melhor votada – o Tricolor do Morumbi cresce em um momento importante da competição e conta com um treinador que tem grande influência sobre seus comandados. Entretanto, o time apresenta um velho defeito: o pragmatismo.

– Apesar de estar crescendo na hora certa, o time não vem jogando um futebol vistoso – exaltou Eduardo Tironi, editor do LANCE!.

André Kfouri Benjamin Back Eduardo Tironi Erich Onida Haroldo Habib Mateus Benato Roberto Assaf Média
Defesa 7.0 8.0 8.0 7.0 6.0 8.0 8.0 7.42
Meio 7.0 5.5 8.0 7.0 6.0 5.0 7.0 6.5
Ataque 7.5 5.0 6.0 7.0 7.0 6.0 6.0 6.35
Técnico 7.5 9.0 8.0 8.0 8.0 7.0 6.0 7.64

Cruzeiro:

O Cruzeiro é tido pelos especialistas como um time que é impossível fazer previsões de resultado. Quando menos se espera, o time mineiro tropeça e não assume a posição que dele se espera. Além dos tropeços, especialistas exaltaram a falta de um elenco numeroso com qualidade para reposição de peças importantes.

– É um time que sofre quando perde peças importantes, pois não tem um elenco forte. Contudo, eles podem superar tudo e conquistar o título. Não seria uma surpresa – afirmou o colunista André Kfouri.

André Kfouri Benjamin Back Eduardo Tironi Erich Onida Haroldo Habib Mateus Benato Roberto Assaf Média
Defesa 6.0 7.0 6.0 6.0 6.0 6.0 6.0 6.14
Meio 7.0 5.5 8.0 6.0 6.0 6.0 6.0 6.35
Ataque 6.5 6.0 8.0 6.0 6.0 7.0 6.0 6.5
Técnico 7.0 7.5 7.0 7.0 8.0 6.0 6.0 6.92

Flamengo:

Apesar de ter sofrido um baque importante na janela de transferências no meio do ano, o Flamengo e superou e segue na luta do título. A principal jogada do time são por intermédio de seus laterais Léo Moura e Juan, fato exaltado pelo editor Erich Onida.

– A dupla de zaga e, principalmente, seus laterais têm feito a diferença. Entretanto, o time depende de Marcelinho Paraíba e dos lampejos de Obina no comando de ataque – opinou o editor do LANCE!-RJ.

André Kfouri Benjamin Back Eduardo Tironi Erich Onida Haroldo Habib Mateus Benato Roberto Assaf Média
Defesa 6.5 8.0 8.0 8.0 8.0 6.0 6.0 7.21
Meio 6.0 5.5 7.0 7.0 5.0 6.0 6.0 6.07
Ataque 7.5 3.0 7.0 7.0 7.0 7.0 6.0 6.35
Técnico 7.0 5.0 6.0 7.0 8.0 5.0 6.0 6.28

Palmeiras:

Mesmo estando em quinto na classificação, o Palmeiras recebeu as melhores avaliações nos setores de meio-campo, ataque e de treinador. Todos os especialistas exaltaram o poder de reação da turma comandada por Vanderlei Luxemburgo, exaltado por Erich Onida como o melhor treinador do futebol brasileiro.

– O Palmeiras é o time mais equilibrado entre força e técnica. Isso pode fazer a diferença nesta reta final – decretou Eduardo Tironi, editor do LANCE!-RJ.

André Kfouri Benjamin Back Eduardo Tironi Erich Onida Haroldo Habib Mateus Benato Roberto Assaf Média
Defesa 5.0 5.0 7.0 6.0 5.0 5.0 6.0 5.57
Meio 8.0 5.0 8.0 7.0 5.0 7.0 6.0 6.57
Ataque 6.5 8.0 9.0 8.0 6.5 8.0 7.0 7.57
Técnico 7.0 8.0 9.0 9.0 8.5 8.0 7.0 8.07

Diretor são-paulino debocha de empolgação rubro-negra

João Paulo de Jesus Lopes desdenha de presidente do Flamengo, que já prepara festa para o hexacampeonato: ‘Falta combinar com os russos’

O diretor de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, agiu com ironia ao ler a declaração de Márcio Braga, presidente do Flamengo, afirmando que já começava a organizar a festa para o hexacampeonato Brasileiro do time rubro-negro. E para ilustrar o tom sarcástico, usou uma frase proferida por Mané Garricha na Copa de 1958, na Suécia.

– Como diria Garrincha, não se esqueçam de combinar com os russos – debocha o cartola, lembrando a aspa do ex-jogador do Botafogo e da seleção brasileira, ao ser informado do esquema tático da equipe nacional para a partida contra a União Soviética pelo técnico Vicente Feola.

São Paulo e Flamengo travam uma disputa na Confederação Brasileira de Futebol para saber quem é o dono da cobiçada taça das bolinhas, troféu dado ao clube que conquistou cinco títulos do Brasileiro.

O Tricolor, campeão em 1977, 1986, 1991, 2006 e 2007, pede o troféu para si, uma vez que o Flamengo (1980, 1982, 1983, 1992) tem seu título de 1987 contestado pela CBF, quando venceu o módulo verde da Copa União. No entanto, a entidade máxima do futebol brasileiro entende que o verdadeiro campeão é o Sport, vencedor do módulo amarelo.

No atual campeonato, os são-paulinos estão na quinta colocação, com 49 pontos. Com o mesmo número de pontos, o Flamengo ocupa o quarto lugar. Os rubro-negros superam os paulistas no número de vitórias: 14 a 13.