Ex-botafoguenses do São Paulo estão em baixa

Juninho, Joílson e André Lima vieram bem, mas não vingaram

O que Joílson, Juninho e André Lima têm em comum? Em primeiro lugar, nenhum dos três será titular do São Paulo nesta quarta-feira, contra o Botafogo, às 21h50 (de Brasília), no Engenhão. Em segundo lugar, todos passaram pelo clube carioca em 2007 e chegaram no São Paulo com status de solução para suas respectivas posições. No entanto, nenhum dos três vingou. E já estamos quase no mês de novembro…

O ala-direito Joílson e o zagueiro Juninho chegaram no começo do ano. O primeiro era destaque no Botafogo pelo seu constante apoio ao ataque e assistências perfeitas para Dodô, artilheiro do Botafogo no ano passado. Joílson fez três gols no campeonato nacional e se sobressaiu pela enorme capacidade ofensiva.

Juninho foi ainda mais impressionante. Capitão do Botafogo e voz do técnico Cuca em campo, o zagueiro não só passava segurança na defesa, mas também era letal em cobranças de falta de longe. Assim, o defensor fez 10 gols no Brasileirão e foi o terceiro artilheiro do time. Chegou em São Paulo com status de substituto ideal para o recém-vendido Breno.

No Tricolor, porém, nenhum dos dois teve seqüência. Enquanto Joílson vive às voltas com lesões e revezamentos com Zé Luis e Jancarlos, Juninho acabou sofrendo com o excesso de concorrência na zaga. Foi titular no início do ano, mas uma má partida diante do Palmeiras, ainda no Campeonato Paulista, custou-lhe a confiança do técnico Muricy Ramalho. No Brasileirão, o camisa 2 fez apenas sete partidas. A última delas contra o Internacional, no dia 24 de julho. E não fez gol.

Já André Lima é um caso a parte. No Botafogo, era reserva de Dodô e sempre entrava bem no segundo tempo. Assim, fez 12 gols no Nacional de 2007 e foi negociado com o Hertha Berlin (ALE) no meio da temporada. Ficou por lá um ano, foi lembrado pelo São Paulo e estreou marcando dois gols em cima do Vasco, na goleada por 4 a 0 no Morumbi. Depois disso, porém, só faria mais um gol e seria preterido por Dagoberto e Borges. André só é acionado quando um dos dois está fora.

Contra o ex-clube pelo qual fizeram sucesso, apenas Juninho e André Lima poderão ter chance de jogar. Ambos estão relacionados para a partida, mas não sabem se ficam no banco. Já Joílson, machucado, nem viajou ao Rio de Janeiro.

O antigo ambiente pode trazer bons fluidos para Juninho e André? A resposta, na quarta à noite.

Confira alguns números do trio neste Brasileirão:

Joílson André Lima Juninho
Jogos 24 13 7
Gols 1 3 0
Finalizações 23 21 10
Passes certos 33,5 por jogo 14,7 por jogo 15,8 por jogo
Posse de bola 1min27s por jogo 34s por jogo 44s por jogo

Muricy pede paciência com André Lima e festeja gol de Jancarlos

Atacante, que marcou só duas vezes pelo Tricolor, teve atuação apagada contra Cruzeiro. Já o lateral ganha moral com o comandante

O técnico Muricy Ramalho saiu em defesa do atacante André Lima, substituído por Borges no segundo tempo da vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, domingo, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. Para o treinador, o centroavante ainda precisa se acostumar com a forma de o Tricolor jogar. Em compensação, elogiou o lateral-direito Jancarlos, autor do segundo gol sobre os mineiros.

– O André está se adaptando, tem pouco tempo de clube. Ele tem facilidade quando os meias encostam ou quando a equipe leva a bola para o fundo para cruzar. Não é fácil se adaptar ao nosso tipo de jogo. Ele precisa fazer o pivô para o time se aproximar. Era o que a gente fazia com o Aloísio e depois o Adriano – explica.

Na contra-mão, Muricy elogiou o comportamento do lateral-direito Jancarlos, autor do segundo gol do triunfo sobre os mineiros, aos 48 minutos da etapa final. Mesmo dando poucas chances ao jogador durante o ano, o técnico tricolor exaltou a postura dele de não reclamar da reserva e, principalmente, ter um bom ambiente com os companheiros.

– O cara que fica fora do time é o mais observado por mim porque tem que treinar em dobro. Aqui não tem essa de ficar bravo, cara feia ou fazer biquinho. Quem faz biquinho é pior. E o Jancarlos está sempre disposto. Às vezes, não fica nem no banco, mas está sempre treinando duro e tem moral com os caras (jogadores), que o deixaram bater a falta – completa.

Jogadores não temem reformulação

Pressão para garantir vaga na Libertadores é grande, já que o time disputou as cinco últimas edições da competição

Uma possível ausência na Taça Libertadores de 2009 pode acarretar sérias mudanças no elenco do São Paulo. Alguns, como o lateral-esquerdo Júnior, devem sair no fim deste ano com ou sem a vaga. A maioria, porém, depende da classificação para manter a posição no clube. Já são cinco edições consecutivas da Libertadores com o São Paulo em campo. A possível reformulação, porém, não assusta os jogadores.

– Particularmente, eu não me preocupo, pois tenho certeza de que vamos conseguir a vaga. Vamos brigar pelo título. É só olhar nosso grupo. Muitos clubes por aí gostariam de ter esses jogadores – diz André Lima.

– Isso é normal não só no São Paulo, mas também em outros clubes – desconversa Hugo.

Na semana passada, o goleiro Rogério Ceni declarou que preferia jogar na Venezuela a ter que disputar a Copa do Brasil em cidades como Macapá e Manaus, na região Norte do Brasil. A última vez em que o São Paulo disputou a competição nacional foi em 2003, quando caiu diante do Goiás, nas quartas-de-final.

– O Rogério tem toda a razão no comentário que fez. O clube não está acostumado a jogar a Copa do Brasil, e os jogadores não querem isso. A Libertadores tem uma visibilidade muito maior – justifica o meia Hugo.

Jogadores são a favor da paradinha

André Lima e Rodrigo defendem recurso nas cobranças de pênaltis

A discussão da famosa “paradinha” nas cobranças de pênaltis chegou ao São Paulo. O recurso, utilizado principalmente por atacantes, tem causado polêmica no Brasileirão. O último exemplo foi a cobrança de Alan Bahia, do Atlético-PR, na derrota para o Palmeiras por 2 a 1. O volante do Furacão deu a paradinha a um passo da bola e enganou o goleiro Marcos. Os são-paulinos defendem os cobradores.

– Não gosto de dar a paradinha no pênalti porque eu perco o foco. Mas para quem tem habilidade é válido, o goleiro tem que se virar para pegar – ressalta o atacante André Lima.

O zagueiro Rodrigo também acredita que os atacantes têm o direito de utilizar o recurso. Mas pede alguma determinação que padronize as marcações dos árbitros. Tudo para que não aconteça algo parecido com o do jogo entre Portuguesa e Palmeiras, no qual o árbitro Cléber Wellington Abade proibiu o atacante Alex Mineiro de dar a paradinha, sob a ameaça de ter de repetir a cobrança.

– Não sou goleiro, mas acho que a paradinha dificulta bastante para ele, que está preparado para um tiro direto. Acaba complicando demais. Fica até feio para o goleiro. Mas é bom que tenha uma definição em relação a isso – pondera Rodrigo.

FONTE: GLOBOESPORTE

André Lima aposta em tropeços do Grêmio nas próximas rodadas

Atacante tem certeza de que os gaúchos vão perder vários jogos e permitir a aproximação do São Paulo na tabela de classificação

Foram apenas três derrotas em 23 rodadas disputadas, mas o atacante André Lima já começou a secar o líder Grêmio para ainda sonhar com o sexto título brasileiro do São Paulo. Dez pontos atrás dos gaúchos, o Tricolor acredita que contará com tropeços do adversário para subir na tabela e voltar à briga pelo caneco.

– Ainda tem muita coisa para rolar. Com certeza, o Grêmio vai tropeçar e não será uma ou duas vezes e, sim, várias. Contra o Vasco, o gol da vitória saiu nos minutos finais. Vamos chegar. Podem ter certeza – projeta.

Com o empate sem gols no clássico contra o Santos, o São Paulo subiu para 38 pontos, em quinto lugar, e viu o Tricolor de Porto Alegre ir a 48. A desvantagem, porém, não é problema nas últimas 15 rodadas. Pelo menos, é nisso que acredita o zagueiro Rodrigo.

– Dá para chegar. Temos chances e não podemos descartar, ninguém pode falar que não dá mais para conquistar o título. Estamos pensando nisso e precisamos entrar no G-4 novamente. A vaga na Libertadores é nosso objetivo também – ressalta.

FONTE: GLOBOESPORTE



  • PROMOÇÃO

  • Produtos do SP

  • CLIQUE NOS CANAIS E VEJA TV AO VIVO






  • USUÁRIOS ONLINE

    • 1.403.260 acessos
  • Blogs & Sites parceiros