Em baixa, São Paulo enfrenta o Avaí fora de casa

Tricolor paulista vem de duas derrotas. No Leão catarinense, clima é bem melhor

LANCEPRESS!

Com o moral baixo. É assim que o São Paulo viaja para Florianópolis, onde enfrenta o Avaí, neste sábado, às 21h. Depois de perder para Goiás e Grêmio, o Tricolor luta para, pela primeira vez no ano, não atingir a marca de três derrotas seguidas.

Na 10ª colocação, a equipe de Sérgio Baresi está mais próxima da zona de rebaixamento (oito pontos) que da Libertadores (treze pontos). No entanto, o treinador acredita que o time lutará pelo topo da tabela. Já entre os jogadores, o discurso é diferente.

– É muito difícil, porque não estamos conseguindo bons jogos e essas equipes (que estão na ponta) estão conseguindo, com um padrão definido. Então, dificilmente vamos conseguir – afirmou Jorge Wagner, que volta ao time após cumprir suspensão.

Além do camisa 7, Fernandinho é outro que retorna. Ele ficou quase todo o mês de setembro se tratando de uma lesão muscular na perna direita, e será opção no banco de reservas. Jean, que não enfrentou o Grêmio devido à uma amigdalite, também está confirmado.

No entanto, Baresi também tem muitos desfalques. Xandão sentiu uma lesão no músculo adutor da coxa esquerda na última quarta-feira e está fora. Alex Silva e Casemiro estão suspensos. Fernandão (edema na panturrilha esquerda), Ilsinho (entorse no tornozelo esquerdo) e Junior Cesar, que só volta no ano que vem, são as outras baixas.

A confiança voltou ao Avaí. É engraçado afirmar isso após uma derrota (para o Fluminense, por 1 a 0), mas o sentimento de todos no clube é mesmo esse. A troca de comando com a saída de Antônio Lopes e a entrada de Edson dos Santos melhorou o clima em Florianópolis.

As atuações nas duas últimas rodadas deixaram todos do elenco animados: o Leão aplicou uma sonora goleada sobre o Ceará por 5 a 0 e atuou muito bem contra o líder Fluminense. Antes há dez jogos sem vencer, a esperança é a de que a equipe consiga os três pontos.

– O time reagiu bem ao comando do Neguinho (Edson dos Santos). Percebemos no vestiário que há uma grande interatividade e empatia do grupo com o treinador. Isso, sem dúvida, tem sido fundamental para a recuperação do Avaí – afirmou o coordenador de futebol do clube, Moisés Cândido.

Dentro de campo, a dúvida fica por conta do volante Rudnei, que deixou o jogo contra o Flu com dores musculares. Caso ele seja vetado, Marcos será seu substituto. No ataque, Roberto, que se recuperou de uma lesão no púbis e entrou no segundo tempo contra o Fluminense, deve começar a partida.

FICHA TÉCNICA:
AVAÍ X SÃO PAULO

Estádio: Ressacada, Florianópolis (SC)
Data/hora: 2/10/2010 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Junior (MG)
Auxiliares: Marcio Eustaquio Santiago (Fifa-MG) e Guilherme Dias Camilo (MG)

AVAÍ: Zé Carlos, Patric, Émerson Nunes, Emerson e Pará; Diogo Orlando, Rudnei (Marcos), Davi e Jéferson; Robinho e Roberto. Técnico: Edson dos Santos.

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Jean, Renato Silva, Miranda e Carleto; Rodrigo Souto, Richarlyson, Jorge Wagner e Lucas; Marlos e Ricardo Oliveira. Técnico: Sérgio Baresi.

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s