São paulo perde no morumbi

Colorado mantém o retrospecto positivo contra o Tricolor na temporada e sai do Morumbi com a vitória

No reencontro do São Paulo com o responsável pela eliminação do time na Libertadores deste ano, o Tricolor não conseguiu se vingar. Perdeu mais uma vez para o Internacional, agora por 3 a 1, nesta quinta-feira, no Morumbi, e completou o segundo jogo sem vitória no Campenato Brasileiro.

O jejum de vitórias fez o São Paulo empacar na 12ª colocação, com apenas 28 pontos, deixando o sonho de disputar a Libertadores de 2011 mais distante. Agora, são nove pontos de diferença para o Botafogo, primeiro do G4.

Já o Inter chegou aos 35 pontos ganhos e chegou ao quinto lugar, próximo dos líderes e ainda vivo na briga pelo título brasileiro.

O jogo

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Em uma noite fria e com pouca torcida no Morumbi, o Internacional tomou a iniciativa no começo do jogo. Tinga, D’Alessandro e Giuliano armaram boas jogadas e mantiveram a posse de bola. O São Paulo até tentou dar um sinal de vida com Lucas, aos dois minutos, na primeira vez que o Tricolor pegou a bola. O jovem invadiu a área e perdeu um gol na cara, mandando a bola por cima. Um detalhe curioso cercou a promessa são-paulina. Lucas começou a jogar pelo São Paulo como Marcelinho. Mas neste semana fez a mudança para o seu nome.

O domínio do Inter foi comprovado aos nove minutos de jogo. Depois de bela jogada ensaiada em cobrança de falta, a bola sobrou para Wilson Mathias, que só teve o trabalho de empurrar para a rede e abrir o placar para o Colorado.

LEIA MAIS

O São Paulo, então, acordou. Lucas, Dagoberto e principalmente Fernandão passaram a buscar o jogo na intermediária na tentativa de criar chances. E o esforço deu resultado dez minutos depois. Em outra cobrança de falta, a zaga gaúcha tentou fazer uma linha de impedimento, mas deixou Cleber Santana sozinho para cabecear e empatar a partida.

O jogo ficou morno após o empate. Tinga e D’Alessandro continuaram dando trabalho pelo lado do Inter, e o São Paulo apostou na técnica do habilidoso Lucas. A partida só voltou a ficar boa depois dos 36 minutos, quando Giuliano deu um passe milimétrico para Leandro Damião tocar por cima de Rogério Ceni e colocar o Inter à frente mais uma vez.

Um minuto mais tarde Fernandão cabeceou e Renan fez uma defesa espetacular, salvando o que seria o novo empate.

– Temos que nos encontrar dentro de campo… – disse Dagoberto, no intervalo.

Dagol saiu no intervalo e o São Paulo não seguiu seu conselho. Lucas, novamente aos dois minutos, teve chance parecida com aquela do primeiro tempo, mas novamente mandou nas arquibancadas. Marlos, aos quatro, também assustou. Mas não passou disso.

Aos 16 minutos, veio o balde de água fria. Após jogada de Tinga, D’Alessandro causou confusão na área e a bola ficou com Giuliano, que chutou no meio do gol e anotou o terceiro, calando ainda mais a pequena torcida Tricolor no Morumbi.

A torcida do São Paulo levantou aos 32 minutos, quando Rogério Ceni cobrou falta no canto esquerdo de Renan, mas o goleiro do Inter segurou firmemente. Aos 36, Ceni salvou o que seria o quarto gol.

A torcida são-paulina ainda vaiou o time no fim do jogo.

Agora, o São Paulo tem pela frente o Palmeiras, domingo, na busca pela recuperação no campeonato. Já o Inter recebe o Vasco, no Beira-Rio, também no domingo.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 3 INTERNACIONAL

Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 16/9/2010 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises (Fifa-RJ) e Marco Antonio Martins (SC)
Renda/público: –
Cartões amarelos: Miranda, Jorge Wagner, Xandão, Lucas, Cleber Santana (São Paulo) Nei, D’Alessandro, Giuliano, Glaydson, Índio (Internacional)
Cartões vermelhos: Não houve
GOLS: Wilson Matias 9’/1°T; Cleber Santana 19’/1°T; Leandro Damião 37’/1°T; Giuliano 16’/2°T

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Jean (Ilsinho – 27’/2°T), Xandão, Miranda e Richarlyson; Rodrigo Souto, Cleber Santana, Jorge Wagner (Carlinhos Paraíba – 40’/2°T) e Lucas; Dagoberto (Marlos – Intervalo) e Fernandão. Técnico: Sérgio Baresi.

INTERNACIONAL: Renan; Nei, Bolívar, Índio, Kleber; Wilson Matias, Glaydson, Tinga, D’Alessandro (Andrezinho – 45’/2°T); Giuliano (Edu – 17’/2°T) e Leandro Damião. Técnico: Celso Roth.

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s