Em noite infeliz da arbitragem, Inter e São Paulo empatam no Beira-Rio

O resultado foi ruim para as duas equipes. O Colorado perdeu a chance de assumir a liderança, enquanto que o Tricolor paulista segue sem vencer longe do Morumbi

Em noite muito ruim do trio de arbitragem, Internacional e São Paulo fizeram um grande jogo e empataram por 2 a 2, em partida realizada na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio.

O trio comandado pelo carioca Rodrigo Nunes de Sá errou na marcação dos dois gols do time gaúcho, já que Alecsandro, em ambos, estava impedido. Para compensar, foi marcado um pênalti inexistente de Guiñazu em Richarlyson.

O resultado foi pior para a equipe gaúcha que, se tivesse vencido, assumiria provisoriamente a liderança do Campeonato Brasileiro. Como não o fez, segue na terceira colocação, com 23 pontos. Já o Tricolor paulista, que completou o seu 11º jogo sem saber o que é vencer longe do Morumbi, chegou aos 15 pontos e ocupa a 13ª posição na tabela de classificação.
Inter melhor no primeiro tempo

Com muito frio, as duas equipes começaram a todo vapor. Nos primeiros dez minutos, muita marcação e pouca inspiração. O Inter, com três volantes, apostava na troca rápida de passes e na movimentação constante de Nilmar, com Alecsandro mais preso na área. No Tricolor paulista, que entrou com a mesma escalação que derrotou o Santos, o técnico Ricardo Gomes apostava claramente nos contra-ataques.
Com 18min, o Internacional chegou pela primeira vez com perigo. Guiñazu fez bela jogada pelo meio e, de fora da área, disparou uma bomba no canto direito de Bosco, que voou e espalmou para escanteio. Esse lance fez o time da casa crescer na partida. Seis minutos depois, Índio recebeu de Andrezinho dentro da área e só não marcou o gol porque Bosco se antecipou e afastou o perigo. No lance, o goleiro tricolor foi atingido pelo joelho de André Dias e o jogo ficou parado por cinco minutos.
Melhor em campo, o time da casa abriu o marcador aos 29min. Kléber cobrou falta pela esquerda e Alecsandro, impedido, cabeceou no canto direito de Bosco que, após esse lance, pediu substituição. Denis entrou no seu lugar. Aos 32min, o Internacional chegou com perigo novamente e Magrão quase marcou em jogada individual

Quatro minutos depois, o Internacional fez o segundo gol. E foi uma cópia perfeita do primeiro gol. Cruzamento na área da esquerda, a zaga são-paulina marcou bobeira novamente e Alecsandro, novamente impedido, cabeceou no canto direito de Denis, que só olhou. Festa da torcida colorada no Beira-Rio. (Reveja o segundo gol)
O São Paulo não esboçava a menor reação. Hernanes e Marlos não apareciam no jogo. No ataque, Washington e Dagoberto não apareciam. Na defesa, aos 39min, Renato Silva falhou feio, Guiñazu roubou a bola e rolou para Alecsandro, que bateu fraco. Denis defendeu.
O jogo já caminhava para o intervalo quando, aos 47min, a arbitragem resolveu aparecer novamente. Guiñazu desarmou Richarlyson na bola dentro da área e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, Washington bateu, Lauro espalmou, na volta o camisa chutou e Sandro, em cima da linha, evitou o gol. Mas Rodrigo Nunes de Sá já havia impugnado o lance, alegando invasão de Miranda na área.
São Paulo equilibra o jogo

Na etapa complementar, o Tricolor voltou com Jorge Wagner na vaga de Marlos. E o time teve uma atitude diferente. Marcando forte e buscando o ataque, a equipe deu sinal de vida aos 3min, quando Hernanes tabelou com Washington, recebeu na frente, invadiu a área e, na saída de Lauro, tocou no canto direito do goleiro do Internacional. (Reveja o lance)

Esse gol fez o jogo ganhar em emoção. Isso porque o Tricolor, empolgado, seguiu buscando o ataque. E, nos contra-ataques, o Internacional tinha espaços e levava muito perigo. Aos 20min, o time da casa teve a chance para matar o jogo. Após tabela entre Nilmar e Alecsandro, o atacante tocou para Magrão que, livre na área, bateu fraco, facilitando as coisas para Denis.

E, aos 25min, o São Paulo encontrou o empate. Jean recebeu de Richarlyson pela direita e, ao tentar cruzar, colocou no ângulo direito de Lauro. Foi o primeiro gol do camisa 15 no Campeonato Brasileiro. (Reveja o lance)

Preocupado com o crescimento do adversário, o técnico Tite resolveu mexer na equipe, com a entrada do argentino D’Alessandro na vaga de Sandro. Depois, colocou Giuliano no lugar de Andrezinho. A torcida não perdoou e vaiou o treinador, já que a esperança era de que o atacante Taison ganhasse uma chance. A mudança fez bem ao time, que voltou a ganhar terreno em campo.

Aos 43min, Tite resolveu fazer a vontade da torcida e colocou Taison em campo, na vaga do zagueiro Índio. E coube ao atacante gaúcho a última chance da partida. Ele recebeu pela direita e bateu cruzado, à direita do gol de Denis, com muito perigo.

Ficha técnica:

INTERNACIONAL 2 x 2 SÃO PAULO
Lauro; Bolívar, Índio (Taison), Sorondo e Kléber; Sandro (D’Alessandro), Guiñazu, Magrão e Andrezinho (Giuliano); Nilmar e Alecsandro. Bosco (Denis); Renato Silva, André Dias e Miranda; Jean, Hernanes, Richarlyson, Marlos (Jorge Wagner) e Junior Cesar; Dagoberto (Borges) e Washington.
Técnico: Tite. Técnico: Ricardo Gomes.
Gols: Alecsandro, aos 29min e aos 37min do 1º tempo. Hernanes, aos 3min e Jean, aos 24min do 2º tempo
Cartões amarelos: Índio, Guiñazu, Sorondo e Sandro (Internacional). Richarlyson e Junior Cesar (São Paulo).
Estádio: Beira-Rio. Data: 22/07/2009. Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ). Auxiliares: Hílton Moutinho Rodrigues (RJ) e Cláudio José de Oliveira Soares (RJ).

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



  • PROMOÇÃO

  • Produtos do SP

  • CLIQUE NOS CANAIS E VEJA TV AO VIVO






  • USUÁRIOS ONLINE

    • 1.403.194 acessos
  • Blogs & Sites parceiros