Conmebol decide jogo único, mas mexicanos se recusam a entrar em campo

Clubes da América do Norte não aceitam a medida adotada pela entidade. São Paulo está pronto para receber partida contra o Chivas

Ampliar Foto reproducao/Site oficial reproducao/Site oficial

Site do Chivas diz que time mexicano está fora da disputa da Libertadores (clique na foto e amplie)

Após a Federação Mexicana de Futebol anunciar oficialmente que o Chivas, adversário do São Paulo, e o San Luis estão fora da Libertadores (devido à nova gripe), a Conmebol resolveu tomar uma decisão no intuito de manter os times da América do Norte na competição sul-americana. De acordo com a entidade, os duelos entre São Paulo e Chivas e Nacional-URU e San Luis serão decididos em jogo único.

De acordo com o departamento de imprensa da Conmebol, as datas dos jogos, inclusive, já estão definidas. O São Paulo enfrenta o Chivas, no Morumbi, em 20 de maio. No mesmo dia, o Nacional-URU recebe o San Luis, em Montevidéu. Em caso de empate nos 90 minutos, a vaga às quartas-de-final da Libertadores será decidida diretamente nos pênaltis.

Apesar da decisão da Conmebol, a Federação Mexicana garante que não aceita a medida e pretende manter a posição de excluir os dois times do país da competição. Alheio à polêmica, o diretor de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, se disse pronto a colaborar para que a partida contra o Chivas aconteça.

– Conversei com o Nestor Benítez (diretor de comunicação da Conmebol), e ele me disse que vai ter um jogo só, no dia 20 de maio, com os mexicanos do Chivas, e em caso de empate haverá decisão por pênaltis. Não é a solução ideal, mas é a melhor possível. Os mexicanos não aceitaram jogar duas no Brasil, e outros países não quiseram receber a partida – disse Lopes.

O mandatário da CBF, Ricardo Teixeira, ligou para o presidente são-paulino, Juvenal Juvêncio, informando que o jogo único acontecerá no Morumbi. No entanto, o site oficial do Chivas Guadalajara afirma que o time não jogará. O diretor tricolor disse que o clube já foi oficialmente informado pela Conmebol e está pronto para mandar o jogo único.

– Não sabemos se o Chivas virá ou se vai desistir da Libertadores, mas seguimos o que a Conmebol determinar. Se os mexicanos vierem, faremos o possível para tornar a estadia deles a mais confortável possível, ajudaremos no que for necessário – garantiu Lopes.

Entretanto, a posição do Chivas é firme: o clube não aceita jogo único e não quer discutir o assunto com a Conmebol. A decisão de não entrar em campo já está tomada, de acordo com o presidente da agremiação mexicana, Pedro Saez.

– Chivas e San Luis decidiram que não jogam mais porque as regras não foram cumpridas. A gripe está sendo controlada, não há motivo para não jogarem no México. Não queremos jogo único e não queremos conversa com ninguém da Conmebol – avisou Saez.

Caso Chivas e San Luis se recusem a cumprir a determinação da Conmebol, o São Paulo, que pediu para não jogar no México, e o Nacional-URU estarão automaticamente classificados às quartas-de-final da Libertadores.

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



  • PROMOÇÃO

  • Produtos do SP

  • CLIQUE NOS CANAIS E VEJA TV AO VIVO






  • USUÁRIOS ONLINE

    • 1.403.195 acessos
  • Blogs & Sites parceiros