Miranda é o favorito para deixar o São Paulo

Negociação do zagueiro é tida como essencial para sanar as finanças do clube

O zagueiro Miranda já tem sondagens de clubes europeus (Foto: Tom Dib)

O zagueiro Miranda já tem sondagens de clubes europeus (Foto: Tom Dib)

A janela de transferências para a Europa está fechada. Mas, antes mesmo de o mercado internacional ferver, a diretoria do São Paulo já sabe que o nome de Miranda está muito bem cotado fora do país.

Nenhum outro jogador do elenco tem sido tão assediado nas últimas semanas como o camisa 5. E é nele a aposta para o balanço financeiro tricolor continuar estável em 2009.

Em campo, Miranda segue em alta. Consequentemente, foi o único do elenco a ser lembrado por Dunga na última convocação da Seleção. Segundo a diretoria, quando um atleta é convocado, e ainda joga, como foi o caso dele, que atuou no Beira-Rio contra o Peru, o assédio fica cada vez maior.

Vários dirigentes já receberam telefonemas de intermediários perguntando sobre a situação dele. Segundo a diretoria, nenhuma proposta oficial chegou até este momento.

Para tirar Miranda do Morumbi, uma equipe do exterior terá de pagar o valor da multa rescisória (US$ 20 milhões – cerca de R$ 44 mi). Porém, como ele tem direito a 20%, se abrir mão de parte, pode sair por menos.

– A lei é muito clara. Pagou a multa, leva o jogador. Se vier alguém interessado, nós vamos falar o valor, e aí, se quiserem, depositam. Por menos que a multa o Miranda não sai – garantiu o diretor de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes.

Como os torneios europeus estão em fase final, nenhum clube do Velho Continente foi às compras. A imprensa europeia sempre divulga clubes interessados no defensor. Milan (ITA), Tottenhan (ING) e Manchester City (ING) são os mais cotados.
Se algum desses clubes pagar o valor da multa rescisória, será um alívio para o presidente Juvenal Juvêncio, que vai conseguir manter a contabilidade no azul.

Nos últimos anos, o dinheiro das negociações de atletas tem sido muito importante no balanço. Na temporada passada, com poucas vendas, o valor foi muito inferior ao de 2007.

Juvêncio sabe que precisa vender alguém. Se conseguir uma alta quantia com um só jogador, melhor. Ele já queria ter feito isso em janeiro, mas a crise mundial chegou ao futebol. E não vieram boas ofertas…

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s