TRANSMISSÃO AO VIVO # 4 CANAIS # Grêmio x São Paulo: abertura de returno com cara de final no Olímpico

WEBTV

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

TRANSMISSÃO AO VIVO # 4 CANAIS # – CLIQUE NA IMAGEM

Paulistas encaram jogo como luta pela sobrevivência. Tricolor gaúcho vêduelo como decisão e tenta disparar na liderança

Será um daqueles duelos que se tornam marcantes antes mesmo de a bola rolar. Neste domingo, Grêmio e São Paulo iniciam caminhada no returno do Brasileiro em jogão com cara de final de campeonato no Olímpico. Mesmo que apenas metade da disputa tenha ficado para trás, os dois clubes tratam o encontro das 16h como decisivo. Para o São Paulo, é a luta pela sobrevivência – se perder, ficará 11 pontos atrás dos gaúchos. Para o Grêmio, trata-se de uma grande chance para pavimentar ainda mais o caminho do título nacional.

O Tricolor gaúcho entra na rodada com a liderança isolada do Nacional. São 41 pontos, contra 36 do Cruzeiro, o vice. O clube do Morumbi vem um pouco atrás, com 33. O jogo é mais um capítulo no histórico recente de grandes encontros entre os dois Tricolores. No ano passado, eles travaram grande batalha pela Libertadores – e o clube de Porto Alegre levou a melhor, assim como no jogo do primeiro turno deste Brasileirão, no Morumbi, vencido pelo time de Celso Roth por 1 a 0.

O reencontro será acompanhado em Tempo Real pelo GLOBOESPORTE.COM, com vídeos. A TV Globo mostra ao vivo para o estado de São Paulo, e o Premiere, pelo sistema pay-per-view, exibe para todo o país.

Gols à vista

O jogo é promessa de bola na rede. Afinal, os dois melhores ataques da competição estarão em campo. O time gaúcho marcou 35 gols até o momento, contra 33 dos paulistas. Perea é o artilheiro do anfitrião, com sete gols, o mesmo número de Hugo, do São Paulo, na competição.

– Será um jogo de gols, mas só para o ataque mais positivo do campeonato – brinca Souza, multicampeão pelo São Paulo e hoje opção para o Grêmio no banco.

Caldeirão para esquentar o ambiente do líder

O Grêmio irá a campo com o calor de uma multidão. O jogo deve ter o maior público do ano no Olímpico – a expectativa é de 45 mil pessoas. Não havia mais ingressos à venda na tarde de sexta-feira. Será um caldeirão para ajudar o time na tentativa de conquistar mais três pontos e talvez ampliar a vantagem na tabela.

Os atletas do time gaúcho prestaram atenção nas declarações dos rivais, que apontaram o jogo como uma espécie de final. E concordaram com eles. A idéia é vencer para manter o embalo na liderança da competição e, de quebra, aumentar para 11 pontos a distância em relação ao São Paulo.
– Trata-se de uma final. O São Paulo é uma equipe que vem sempre disputando com o Grêmio. Será um grande jogo, um espetáculo digno do clássico que é Grêmio x São Paulo. O adversário sabe que uma derrota aumenta a distância. Será um jogo aberto, porque o Grêmio joga em casa e o São Paulo precisa do resultado. É uma partida que promete muito – comenta o capitão Tcheco.

O técnico Celso Roth realizou treinamento de portões fechados nesta sexta-feira, mas a equipe não deve ter surpresas. Será mantida a base das últimas rodadas.

Volta ao 3-5-2

Desde que Muricy Ramalho perdeu Miranda, machucado, e Alex Silva, nas Olimpíadas, ele não consegue escalar o São Paulo com três zagueiros de origem. Mas terá esta chance neste domingo, contra o Grêmio. Anderson, que demorou um pouco mais para recuperar a forma física, estreou com a camisa do São Paulo contra o Atlético-PR, pela Copa Sul-Americana, e foi testado ao lado de Rodrigo e André Dias para a partida do Brasileiro. O zagueiro está na expectativa de jogar um duelo tão importante.

– Sempre procurei trabalhar bastante para corresponder quando tivesse uma chance. Sempre passei por grandes equipes e conheço a pressão. Este jogo tem um clima diferente. É contra o líder, que não perdeu em casa. Difícil, mas não impossível. O São Paulo já provou em outras situações que pode vencer – destaca Anderson.

A baixa na equipe é Joilson, suspenso. Em contrapartida, Borges, que se recuperou de uma lesão no braço, está à disposição, mas deve começar no banco. Muricy descartou a possibilidade de colocar ele ao lado de André Lima, com Dagoberto mais recuado.

– Jogar com três atacantes sem a bola é suicídio. A gente só faz isto quando precisa de resultado. Hoje nenhum time do mundo adota esta formação. Isto é para os românticos – explica o treinador.

3 Comentários

  1. Alguem cala esse muleque…

  2. WebTV manda esse muleque chato calar a boca que esta enchendo o saco

  3. Futebol argentino … to fora


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s